Laboratório de Anatomia Patológica

telefone São Paulo(11) 3394-5057,
Brasília (61) 3044-8888

Blob
Destaque Marketing
Blob

Sobre

Somos um centro de excelência que atua na identificação de inúmeras doenças, entre elas diversos tipos de câncer. Oferecemos serviços de patologia cirúrgica, citopatologia e patologia molecular.

O Laboratório de Anatomia Patológica do Sírio-Libanês fica na unidade Bela Vista e está integrado a todas as unidades de São Paulo e Brasília para realização de exames complexos, com uso de tecnologia de ponta e rigorosos protocolos. Nossa estrutura atende pacientes em geral, laboratórios parceiros, clínicas e médicos solicitantes.

Principais serviços oferecidos:

Exame anatomopatológico convencional (AP)
Exame imuno-histoquímico
Testes moleculares
Biópsias renais

Endereço e horários

Hospital Sírio-Libanês Bela Vista Rua Dona Adma Jafet, 91 – Bloco E – 6º andar

Hospital Sírio-Libanês Brasília SGAS 613, s/n, Lote 94, Asa Sul

Horário para entrega de amostras/materiais Segunda a sexta: 7h às 19h
Sábados: 8h às 12h

Contato

telefoneSão Paulo (11) 3394-5057 e Brasília (61) 3044-8888
whatsappBrasília (61) 99992-7742
emailadministrativo.apatologica@hsl.org.br

  • Padrão de qualidade de primeiro mundo

    1. checkSegurança e precisão
    • As avaliações completas e precisas oferecem informações relevantes para estimar o prognóstico do paciente e auxiliar na escolha terapêutica, bem como na predição de resposta a cada possível tratamento.
    1. checkConhecimento ampliado
    • Em parceria com grandes centros como o Memorial Sloan-Kettering Cancer Center, Mayo Clinic, Foundation Medicine, Quest Diagnostics, reunimos informações de inúmeros pacientes e dados de pesquisas que contribuem para uma melhor conduta médica e precisão diagnóstica.
    1. checkTime de experts
    • Contamos com uma equipe altamente especializada nas suas áreas de atuação. Todos os patologistas são subespecialistas, o que garante análises precisas dos testes, com maior rapidez e eficiência.
    1. checkSegunda opinião
    • Subespecialistas em diversos campos da anatomia patológica estão à disposição para a análise dos materiais, com qualidade diagnóstica garantida pelos padrões de excelência do Sírio-Libanês.
    1. checkComunicação ágil de achados críticos
    • Resultados críticos são comunicados rapidamente aos médicos solicitantes. Um sistema exclusivo permite o envio de alertas por e-mails e mensagens por celular.

Áreas de atuação

  • Citopatologia

  • Patologia cardiovascular

  • Patologia mamária

  • Dermatopatologia

  • Patologia de cabeça e pescoço

  • Patologia molecular

  • Hematopatologia

  • Patologia endócrina

  • Patologia óssea e de tumores de partes moles

  • Imunopatologia

  • Patologia gastrointestinal

  • Patologia renal

  • Neuropatologia

  • Patologia geniturinária

  • Patologia torácica

Equipe médica

Nossa equipe médica é altamente especializada em cada área de atuação, garantindo excelência e precisão na interpretação dos resultados e análises de cada caso.

Equipe médica

Nossa equipe médica é altamente especializada em cada área de atuação, garantindo excelência e precisão na interpretação dos resultados e análises de cada caso.

Dra. Claudia Regina Gomes Cardim Mendes de Oliveira
CRM: 62.729

Dra. Cristina A. T. S. Mitteldorf
CRM: 51.880

Dra. Cristiane Maria de Freitas Ribeiro
CRM: 94.284

Dra. Ellen Caroline Toledo do Nascimento
CRM: 51.880

Dr. Leonardo Testagrossa
CRM: 102.756

Dra. Laura Cardoso Vasconcelos
CRM: 20390/DF

Dr. Luiz Guilherme Cernaglia Aureliano De Lima
CRM: 135.616

Dra. Marcela Regina Longo Borsato Bernaba
CRM: 130.387

Dr. Marcelo Abrantes Giannotti
CRM: 87.145

Dra. Maria Dirlei Ferreira de Souza Begnami
CRM: 83.564

Dra. Marianne de Castro Gonçalves
CRM: 141.957

Dra. Marilia Germanos de Castro
CRM: 81.946

Dra. Melissa Iole da Cas Vita
CRM: 17526/DF

Dra. Melissa Lissae Fugimori
CRM: 129.825

Dr. Rafael Sarlo Vilela
CRM: 109.030

Dra. Renata Alves Silva
CRM: 183754

Dr. Ricardo Garcia Pastorello
CRM: 177683

Dr. Romulo Loss Mattedi
CRM: 109.885

Dr. Thales Parenti Silveira
CRM: 127.318

Dra. Claudia Regina Gomes Cardim Mendes de Oliveira
CRM: 62.729

Dra. Cristina A. T. S. Mitteldorf
CRM: 51.880

Dra. Cristiane Maria de Freitas Ribeiro
CRM: 94.284

Dra. Ellen Caroline Toledo do Nascimento
CRM: 51.880

Dr. Leonardo Testagrossa
CRM: 102.756

Dra. Laura Cardoso Vasconcelos
CRM: 20390/DF

Dr. Luiz Guilherme Cernaglia Aureliano De Lima
CRM: 135.616

Dra. Marcela Regina Longo Borsato Bernaba
CRM: 130.387

Dr. Marcelo Abrantes Giannotti
CRM: 87.145

Dra. Maria Dirlei Ferreira de Souza Begnami
CRM: 83.564

Dra. Marianne de Castro Gonçalves
CRM: 141.957

Dra. Marilia Germanos de Castro
CRM: 81.946

Dra. Melissa Iole da Cas Vita
CRM: 17526/DF

Dra. Melissa Lissae Fugimori
CRM: 129.825

Dr. Rafael Sarlo Vilela
CRM: 109.030

Dra. Renata Alves Silva
CRM: 183754

Dr. Ricardo Garcia Pastorello
CRM: 177683

Dr. Romulo Loss Mattedi
CRM: 109.885

Dr. Thales Parenti Silveira
CRM: 127.318

Exame anatomopatológico convencional (AP)

Análises de biópsias e peças cirúrgicas com máxima agilidade, executadas por médicos patologistas subespecializados, com assessoria médica permanente para a interpretação dos achados histopatológicos. As nossas colorações especiais são cuidadosamente validadas para pesquisas de microrganismos como fungos, micobactérias e bactérias; além de pesquisa de subestruturas teciduais, como lâmina elástica, fibrose, membrana basal, amiloide, entre outras.

Contamos com patologistas subespecialistas, que conhecem profundamente áreas específicas de atuação.

Exame anatomopatológico convencional (AP)

Análises de biópsias e peças cirúrgicas com máxima agilidade, executadas por médicos patologistas subespecializados, com assessoria médica permanente para a interpretação dos achados histopatológicos. As nossas colorações especiais são cuidadosamente validadas para pesquisas de microrganismos como fungos, micobactérias e bactérias; além de pesquisa de subestruturas teciduais, como lâmina elástica, fibrose, membrana basal, amiloide, entre outras.

Contamos com patologistas subespecialistas, que conhecem profundamente áreas específicas de atuação.

Patologia gastrointestinal
Dra. Cristiane Ribeiro, Dra. Marcela Borsato, Dra. Marianne Gonçalves, Dra. Maria Dirlei Begnami e Dr. Thales Silveira

Patologia do trato geniturinário masculino
Dra. Marilia Castro e Dr. Romulo Mattedi

Patologia mamária
Dra. Ellen Nascimento, Dr. Luiz Lima e Dr. Marcelo Giannotti

Patologia ginecológica
Dra. Renata Silva, Dr. Ricardo Pastorello e Dr. Romulo Mattedi

Patologia torácica
Dra. Ellen Nascimento e Dr. Leonardo Testagrossa

Patologia do SNC
Dr. Luiz Lima e Dr. Romulo Mattedi

Patologia da cabeça e pescoço
Dra. Marilia Castro, Dr. Rafael Vilela e Dr. Thales Silveira

Citopatologia
Dra. Cristina Mitteldorf e Dr. Rafael Vilela

Dermatopatologia
Dra. Melissa Fugimori e Dr. Luiz Lima

Patologia hepática
Dra. Cristiane Ribeiro e Dra. Maria Dirlei Begnami

Hematopatologia
Dra. Claudia Oliveira e Dra. Marianne Gonçalves

Patologia óssea e de partes moles
Dra. Claudia Oliveira e Dr. Luiz Lima

Patologia Molecular
Dr. Luiz Lima e Dra. Marianne Gonçalves

Patologia renal
Dr. Leonardo Testagrossa e Dra. Renata Silva

Equipe Anatomia Patológica HSL-Brasília
Dra. Laura Cardoso Vasconcelos e Dra. Melissa Iole da Cas Vita

Patologia gastrointestinal
Dra. Cristiane Ribeiro, Dra. Marcela Borsato, Dra. Marianne Gonçalves, Dra. Maria Dirlei Begnami e Dr. Thales Silveira

Patologia do trato geniturinário masculino
Dra. Marilia Castro e Dr. Romulo Mattedi

Patologia mamária
Dra. Ellen Nascimento, Dr. Luiz Lima e Dr. Marcelo Giannotti

Patologia ginecológica
Dra. Renata Silva, Dr. Ricardo Pastorello e Dr. Romulo Mattedi

Patologia torácica
Dra. Ellen Nascimento e Dr. Leonardo Testagrossa

Patologia do SNC
Dr. Luiz Lima e Dr. Romulo Mattedi

Patologia da cabeça e pescoço
Dra. Marilia Castro, Dr. Rafael Vilela e Dr. Thales Silveira

Citopatologia
Dra. Cristina Mitteldorf e Dr. Rafael Vilela

Dermatopatologia
Dra. Melissa Fugimori e Dr. Luiz Lima

Patologia hepática
Dra. Cristiane Ribeiro e Dra. Maria Dirlei Begnami

Hematopatologia
Dra. Claudia Oliveira e Dra. Marianne Gonçalves

Patologia óssea e de partes moles
Dra. Claudia Oliveira e Dr. Luiz Lima

Patologia Molecular
Dr. Luiz Lima e Dra. Marianne Gonçalves

Patologia renal
Dr. Leonardo Testagrossa e Dra. Renata Silva

Equipe Anatomia Patológica HSL-Brasília
Dra. Laura Cardoso Vasconcelos e Dra. Melissa Iole da Cas Vita

Exame imuno-histoquímico

Permite detecção de antígenos específicos e imunofenotipagem de tecidos ou agentes infecciosos. Mais recentemente, a imuno-histoquímica tem se tornado ferramenta indispensável para definir a terapia-alvo de determinados tumores (como no caso do câncer mama, pulmão, colorretal), e vem sendo cada vez mais empregada para decisão terapêutica relacionada à imunoterapia.

Nossos testes são realizados por laboratório 100% automatizado e passam por rigoroso processo de validação, o que atesta a fidedignidade dos resultados. O Laboratório de Anatomia Patológico (LAP-HSL) possui amplo catálogo de marcadores convencionais para diagnóstico e para o tratamento, por exemplo: ALK-D5F3, PD-L1 (clones SP263, 22C3, SP142); HER2, NTRK, MMR entre outros.

Exame imuno-histoquímico

Permite detecção de antígenos específicos e imunofenotipagem de tecidos ou agentes infecciosos. Mais recentemente, a imuno-histoquímica tem se tornado ferramenta indispensável para definir a terapia-alvo de determinados tumores (como no caso do câncer mama, pulmão, colorretal), e vem sendo cada vez mais empregada para decisão terapêutica relacionada à imunoterapia.

Nossos testes são realizados por laboratório 100% automatizado e passam por rigoroso processo de validação, o que atesta a fidedignidade dos resultados. O Laboratório de Anatomia Patológico (LAP-HSL) possui amplo catálogo de marcadores convencionais para diagnóstico e para o tratamento, por exemplo: ALK-D5F3, PD-L1 (clones SP263, 22C3, SP142); HER2, NTRK, MMR entre outros.

Testes moleculares downloadDownload da lista completa de testes moleculares downloadDownload da tabela dos genes sequenciados no HSL-500

Com os novos métodos de patologia molecular, conseguimos definir terapias individualizadas para pacientes com tumores de determinado perfil genético.

Uma das tecnologias utilizadas no Laboratório é o sequenciamento genético de nova geração, que permite analisar diversos genes ao mesmo tempo, oferecendo maior abrangência no estudo de tumores.

O sequenciamento é muito utilizado por oncologistas, pois permite que os médicos decidam qual esquema de tratamento é o mais indicado para cada paciente.

downloadDownload da lista completa de testes moleculares downloadDownload da tabela dos genes sequenciados no HSL-500

Testes moleculares downloadDownload da lista completa de testes moleculares downloadDownload da tabela dos genes sequenciados no HSL-500

Com os novos métodos de patologia molecular, conseguimos definir terapias individualizadas para pacientes com tumores de determinado perfil genético.

Uma das tecnologias utilizadas no Laboratório é o sequenciamento genético de nova geração, que permite analisar diversos genes ao mesmo tempo, oferecendo maior abrangência no estudo de tumores.

O sequenciamento é muito utilizado por oncologistas, pois permite que os médicos decidam qual esquema de tratamento é o mais indicado para cada paciente.

downloadDownload da lista completa de testes moleculares downloadDownload da tabela dos genes sequenciados no HSL-500

Pesquisa de alterações genômicas
Contamos com sequenciadores e várias opções de painéis genômicos tumorais, como o HSL-500 que consiste em um painel de NGS (Next Generation Sequencing) para aplicação em material tumoral parafinizado e que avalia 508 genes compreendendo tanto alterações do DNA quanto do RNA tumoral.

Esse painel permite a detecção de inserções, deleções, fusões, translocações e alterações de números de cópias desses genes, além de fornecer outros parâmetros fundamentais para o tratamento, como carga mutacional (TMB) e o status de instabilidade de microssatélites (MSI).

Por conta dessa abrangência e versatilidade, o HSL-500 vem se tornando uma ferramenta essencial em casos de cânceres avançados. Além desse, também oferecemos painéis para neoplasias de mama, colorretal, melanoma e tiroide; painel de recombinação homóloga; painel de fusões e rearranjos em neoplasias; pesquisa isolada de mutação nos genes BRAF, EGFR, KRAS, NRAS e T790m; painel de câncer hereditário Invitae™.

FISH - Fluorescent in situ hybridization
Teste indicado para detectar alterações citogenéticas em células tumorais, o que muitas vezes possibilita a subclassificação de tumores, com impacto direto na decisão terapêutica oncológica, como em casos de linfomas, sarcomas e carcinomas de diversos sítios teciduais humanos. Um deles é a detecção da amplificação do gene HER2, que serve de parâmetro para o uso de medicamento específico. O Laboratório realiza a pesquisa por FISH de HER2, MYC, IGH/BCL2, BCL6 e ROS-1.

Hibridização in situ
Esse é um método molecular complementar ao exame anatomopatológico, fundamental para a detecção de alguns vírus em biópsias, como o HPV e o EBV.

Pesquisa de alterações genômicas
Contamos com sequenciadores e várias opções de painéis genômicos tumorais, como o HSL-500 que consiste em um painel de NGS (Next Generation Sequencing) para aplicação em material tumoral parafinizado e que avalia 508 genes compreendendo tanto alterações do DNA quanto do RNA tumoral.

Esse painel permite a detecção de inserções, deleções, fusões, translocações e alterações de números de cópias desses genes, além de fornecer outros parâmetros fundamentais para o tratamento, como carga mutacional (TMB) e o status de instabilidade de microssatélites (MSI).

Por conta dessa abrangência e versatilidade, o HSL-500 vem se tornando uma ferramenta essencial em casos de cânceres avançados. Além desse, também oferecemos painéis para neoplasias de mama, colorretal, melanoma e tiroide; painel de recombinação homóloga; painel de fusões e rearranjos em neoplasias; pesquisa isolada de mutação nos genes BRAF, EGFR, KRAS, NRAS e T790m; painel de câncer hereditário Invitae™.

FISH - Fluorescent in situ hybridization
Teste indicado para detectar alterações citogenéticas em células tumorais, o que muitas vezes possibilita a subclassificação de tumores, com impacto direto na decisão terapêutica oncológica, como em casos de linfomas, sarcomas e carcinomas de diversos sítios teciduais humanos. Um deles é a detecção da amplificação do gene HER2, que serve de parâmetro para o uso de medicamento específico. O Laboratório realiza a pesquisa por FISH de HER2, MYC, IGH/BCL2, BCL6 e ROS-1.

Hibridização in situ
Esse é um método molecular complementar ao exame anatomopatológico, fundamental para a detecção de alguns vírus em biópsias, como o HPV e o EBV.

Biópsias renais

Realizamos análise completa para investigação de doenças não neoplásicas, seja em rins nativos ou transplantados, incluindo microscopia óptica, imunofluorescência direta, imuno-histoquímica e microscopia eletrônica.

Biópsias renais

Realizamos análise completa para investigação de doenças não neoplásicas, seja em rins nativos ou transplantados, incluindo microscopia óptica, imunofluorescência direta, imuno-histoquímica e microscopia eletrônica.

Conheça mais serviços do Centro de Diagnósticos

Veja todos os nossos serviços