Orientações para o Paciente Cirúrgico

​​​​Os pacientes e seus familiares também podem fazer sua parte para garantir a segurança de um procedimento cirúrgico. Veja as recomendações a seguir e saiba como colaborar para aumentar sua segurança e, em especial, evitar a ocorrência de infecção pós-operatória.

Antes da Cirurgia

Para que a cirurgia possa ser preparada corretamente, a equipe médica do Sírio-Libanês pede aos pacientes e acompanhantes que cheguem ao local da operação no horário marcado.

O paciente será encaminhado ao Centro Cirúrgico cerca de 40 minutos antes do procedimento agendado. Quando o paciente for menor de 16 anos ou houver atraso da equipe cirúrgica, o encaminhamento só será feito após a chegada dos médicos.

É importante que os termos de consentimento para a realização da cirurgia e da anestesia estejam devidamente preenchidos e assinados.

Cirurgias que envolvam lateralidade, ou seja, órgãos duplos, como braços, pernas, rins, pulmões, entre outros, serão demarcadas pelo médico antes de ser encaminhamento ao Centro Cirúrgico. É recomendável que o paciente se envolva neste processo, solicitando e ficando atento à demarcação de lateralidade.

Etapas de Atendimento

Os pacientes que passam por cirurgia recebem atendimento em três etapas:

  1. Indução anestésica - Nesta etapa, conduzida pelo médico anestesiologista e pela equipe de enfermagem, o paciente é monitorado para controle do traçado cardíaco, frequência cardíaca, pressão arterial, oxigenação sanguínea e nível de anestesia. Uma vez anestesiado, o paciente recebe as proteções necessárias, de acordo com a cirurgia a ser realizada.
  2. Período intraoperatório - A cirurgia propriamente dita, começa no momento em que o cirurgião inicia a incisão e vai até o seu fechamento. Da sala de cirurgia, o paciente poderá ser encaminhado para a Recuperação Anestésica, para o quarto, ou para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que acontece caso precise de cuidados especiais, após cirurgias muito extensas ou com pacientes muito debilitados.
  3. Recuperação Anestésica - O paciente conta com a alta tecnologia de monitoramento, sob observação e cuidados constantes da equipe de enfermagem e do médico anestesiologista, até a plena recuperação da consciência e da estabilidade clínica. O período de permanência nesse setor varia de acordo com a complexidade da cirurgia.

Orientações para o Paciente

Infecções prévias – Comunique ao cirurgião, antes da cirurgia, se estiver com alguma infecção (furúnculo, foliculite, sinusite, dor de garganta, infecção urinária ou gripe, por exemplo). Nesses casos, se possível, é melhor postergar a cirurgia para evitar que haja risco de infecção pós-operatória.

Cigarro – Deixe de fumar um mês antes da cirurgia. O fumo pode prejudicar a cicatrização.

Depilação – Não depile o local a ser operado antes da cirurgia. A retirada dos pelos será realizada no hospital com tricotomizador elétrico.

Higiene – Tome banho completo na noite anterior e novamente no dia da cirurgia, o mais próximo possível do horário da operação. Use toalha e roupas limpas.

Curativo – Mantenha o curativo da ferida cirúrgica limpo e seco, seguindo a recomendação do seu médico.

Sintomas de infecção – Comunique o cirurgião caso apresente qualquer sinal de infecção, como febre, dor excessiva no local operado, vermelhidão, calor local ou secreção.

Orientações aos Acomp​anhantes

Encaminhamento – O paciente será encaminhado ao centro cirúrgico por um auxiliar de enfermagem. Ele também pode ser acompanhado por um familiar até a entrada do local.

Durante a cirurgia – Você pode aguardar na sala de espera ou no quarto do paciente.

Contatos – Deixe sempre um telefone para que a equipe assistência possa entrar em contato.

Encaminhamento pós-cirúrgico – Ao término da cirurgia, a equipe de enfermagem entrará em contato para informá-lo do encaminhamento do paciente (UTI ou quarto). O paciente somente será encaminhado para o quarto quando o acompanhante estiver presente.

Informações dos médicos – Ocasionalmente, após o término do procedimento, o cirurgião pode solicitar a presença dos familiares ou acompanhantes na sala de atendimento familiar, junto ao centro cirúrgico, para informá-los da cirurgia e orientá-los quanto ao pós-operatório.

Recuperação Anestésica – Pacientes com mais de 65 anos, crianças (até 14 anos) e pacientes especiais poderão ser acompanhados por um familiar na Recuperação Anestésica.