Produtos para maquiagem e até cera de depilação podem transmitir doenças

 
Fonte: Dra. Mirian de Freitas Dal Ben Corradi, infectologista no Hospital Sírio-Libanês
Publicado em 09/11/2015

O risco de transmissão de doenças por meio de sangue contaminado, presente em lâminas de barbear e depilar, se tornou bem conhecido depois do surgimento da aids nos anos 1980. Nos últimos anos, ganhou notoriedade a possibilidade de transmissão dos vírus das hepatites B e C por alicates de unha e de cutículas. No entanto, outros objetos de uso diário e considerados inofensivos também podem trazer riscos, como os produtos de maquiagem e a cera de depilação.

Os pincéis e lápis de olho, por exemplo, quando contaminados, se tornam meios de transmissão de conjuntivite e terçol. O batom pode transmitir herpes. A cera quente, a espátula e o palitinho de depilação podem transmitir micoses, furunculose a até o vírus HPV, principal causador do câncer de colo do útero.

“As pessoas se preocupam muito com a aids, mas se esquecem de várias outras doenças que podem ser transmitidas mais facilmente nos salões de beleza”, comenta a infectologista no Hospital Sírio-Libanês, a dra. Mirian de Freitas Dal Ben Corradi.

A médica já atendeu pacientes que possivelmente se infectaram ao utilizarem objetos contaminados dos salões de beleza e ressalta a importância da autoclave, aparelho utilizado para esterilizar artigos através do calor úmido sob pressão. “Alguns estabelecimentos nem fazem esterilização e outros usam estufa, onde a esterilização é bem mais difícil”, comenta.

Para que os instrumentos de metal sejam de fato esterilizados nas estufas, eles precisariam ficar, pelo menos, uma hora em uma temperatura de 170 ºC, o que muitas vezes é inviável. Na autoclave, de quatro a cinco minutos já são suficientes.

“Devemos ficar sempre atentos sobre onde e como cuidamos de nossa beleza. O mais seguro é levarmos sempre nossos próprios materiais para os salões”, avalia a dra. Mirian.

Segundo relatos da literatura médica, há vários registros também de transmissão da bactéria que causa furunculose, um tipo de lesão na pele, através da bacia com água utilizada para amolecer as unhas do pé. As lixas e os palitos de unhas também podem transmitir infecções, como verrugas virais e micoses.

Veja no infográfico abaixo o risco que corremos ao compartilhar objetos de uso pessoal e como podemos nos proteger.