Instituto de Responsabilidade Social

Fundado em 2008, o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL) nasceu com o propósito de fortalecer a atuação social voluntária da Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês na saúde pública do país, tendo como missão levar a excelência administrativa e operacional da Instituição às esferas municipais e estaduais. Reconhecido como Organização Social de Saúde (OSS), o Instituto administra atualmente 5 unidades: Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Maria Cristina Cury, Hospital Geral do Grajaú, Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, Hospital Regional de Jundiaí e Serviço de Reabilitação Lucy Montoro, em Mogi Mirim.

O Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês trabalha de forma matricial com o Hospital Sírio-Libanês, cujas políticas de gestão de pessoas e processos de trabalho são também aplicadas no Instituto. Além da experiência acumulada, aproveita o conhecimento dos médicos e demais profissionais assistenciais do hospital para ajudar na solução de casos mais complexos.

As obras de engenharia realizadas nas unidades geridas pelo IRSSL são executadas e coordenadas pelos mesmos profissionais da área de engenharia do hospital. Dessa forma, a sintonia entre Hospital e Instituto é altamente benéfica para as comunidades atendidas.

Fundado em 2008, o Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês (IRSSL) nasceu com o propósito de fortalecer a atuação social voluntária da Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês na saúde pública do país, tendo como missão levar a excelência administrativa e operacional da Instituição às esferas municipais e estaduais. Reconhecido como Organização Social de Saúde (OSS), o Instituto administra atualmente 5 unidades: Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Maria Cristina Cury, Hospital Geral do Grajaú, Hospital Municipal Infantil Menino Jesus, Hospital Regional de Jundiaí e Serviço de Reabilitação Lucy Montoro, em Mogi Mirim.

O Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês trabalha de forma matricial com o Hospital Sírio-Libanês, cujas políticas de gestão de pessoas e processos de trabalho são também aplicadas no Instituto. Além da experiência acumulada, aproveita o conhecimento dos médicos e demais profissionais assistenciais do hospital para ajudar na solução de casos mais complexos.

As obras de engenharia realizadas nas unidades geridas pelo IRSSL são executadas e coordenadas pelos mesmos profissionais da área de engenharia do hospital. Dessa forma, a sintonia entre Hospital e Instituto é altamente benéfica para as comunidades atendidas.