Queda

O que é?

Conforme definição do Ministério da Saúde, queda é o deslocamento não intencional do corpo para um nível inferior à posição inicial, com incapacidade de correção em tempo hábil, provocada por circunstâncias multifatoriais, resultando ou não em dano.

As quedas são eventos que podem causar lesões em pacientes hospitalizados. Sua incidência no ambiente hospitalar varia conforme o tipo de paciente atendido. Idosos, pessoas com distúrbios de marcha ou equilíbrio, rebaixamento do nível de consciência e em uso de determinados medicamentos estão mais propensos a quedas.

Como medida de segurança, as instituições de saúde devem identificar o risco de queda dos seus pacientes e agir preventivamente, evitando esse tipo de evento e eventuais lesões causadas por ele.

O programa de prevenção de quedas do Hospital Sírio-Libanês inclui a identificação de pacientes com risco – em função das condições clínicas, dos medicamentos prescritos e dos tratamentos – e a adoção de medidas preventivas, conforme esse risco.

A avaliação do risco é realizada diariamente, a partir da admissão, com base nas condições clínicas e necessidades do paciente.

Todos os pacientes são orientados quanto aos riscos e às medidas de prevenção. Além disso, o nosso ambiente hospitalar é projetado para diminuir o risco das quedas relacionadas a estrutura física e mobiliário.

O resultado desse programa é monitorado por meio do indicador de densidade de incidência de queda com dano em pacientes internados.

O que medimos?

O referido indicador representa as ocorrências de quedas que resultaram em dano aos pacientes internados.

incidencia-quedas-que-resultaram-em-dano-ao-paciente.png

Considerando-se como padrão os dados publicados de hospitais americanos, nossos resultados são similares ou melhores. No entanto, com o objetivo de eliminar ocorrências de quedas com dano no período de internação, os processos de prevenção são constantemente analisados e revisados, garantindo a segurança dos pacientes, norteados pela melhor prática assistencial.

O que você pode fazer para melhorar o processo de prevenção de quedas?

Paciente

Quando estiver internado a pulseira roxa identificará o risco de queda. Caso esteja usando uma, não saia do leito ou da poltrona sem o auxílio da enfermagem.

Acione a campainha sempre que necessário!

Familiar e Acompanhante

Ajude-nos a manter a segurança do paciente: fique atendo e sigas as orientações da equipe multiprofissional.

Se houver necessidade de movimentar o paciente no leito ou leva-lo ao banheiro, acione a equipe de enfermagem ou a equipe multiprofissional.

Lembre-se: reduzir a queda no ambiente hospitalar, é um compromisso da equipe multiprofissional, paciente, acompanhante e familiares.


Conheça outras metas:

​​​​​