Oncogeneticista do Sírio-Libanês conquista prêmio nos Estados Unidos

Publicado em 26/03/2018
Maria Isabel Achatz, uma das maiores pesquisadores sobre o câncer hereditário, foi agraciada com o Director´s Intramural Innovation Award 2018, do NCI/NIH

A oncogenetecista Maria Isabel Achatz, coordenadora do Departamento de Oncogenética do Hospital Sírio-Libanês, acaba de receber o Director´s Intramural Innovation Award 2018. Este é um dos mais importantes prêmios dados a pesquisadores de câncer ligados ao NCI/NIH (National Cancer Institute, National Institutes of Health), dos Estados Unidos, "em reconhecimento e suporte à pesquisa altamente inovadora e da tecnologia desenvolvida para acelerar o progresso na pesquisa do câncer".

Antes de assumir a coordenação do Departamento de Oncogenética do Sírio-Libanês, Dra. Maria Isabel trabalhava como investigadora principal do Clinical Genetics Branch, Division of Cancer Epidemiology and Genetics, do National Cancer Institute, National Institutes of Health (NIH), Bethesda, EUA. Além de atuar como investigadora principal na pesquisa, manteve a atividade clínica, recebendo a concessão de clinicar no NIH por ser reconhecida como eminência mundial no assunto. Com o prêmio ela foi contemplada com US$ 50 mil para o desenvolvimento de um projeto sobre Mosaicismo Somático e sua associação com o desenvolvimento do câncer na Síndrome de Li-Fraumeni. Esse estudo será desenvolvido sob sua coordenação nos EUA, pois, apesar de ter vindo para o Sírio-Libanês, ela mantém sua posição de Pesquisadora Adjunta do NIH. "Isso vai proporcionar o estabelecimento de parcerias para pesquisas conjuntas entre o NIH e o nosso hospital", afirma.


Assunto: Prêmio
  • ​​​​​​Assessoria de Imprensa​

    Plantão
    +55 (11) 97613-3816

    FSB Comunicação

    Vanessa Rodrigues
    +55 (11) 3394-4830
    Rose Guirro
    +55 (11) 3394-4819
    Gabriela Scheinberg
    +55 (11) 3165-9762