Teste de Diabetes

​Sírio-Libanês recruta voluntários para pesquisa de diabetes tipo 2

O Sírio-Libanês está recrutando voluntários diabéticos com obesidade leve (IMC entre 30 e 35) para uma pesquisa que tem por objetivo o melhor controle da doença.

O estudo é realizado pela nossa área de Responsabilidade Social em parceria com o Ministério da Saúde, por meio Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROAD), e está em andamento desde 2012.

Os voluntários selecionados para a pesquisa serão distribuídos, aleatoriamente, em três grupos. Cada um desses grupos será submetido a um dos seguintes procedimentos terapêuticos:

  • Tratamento clínico – Os pacientes serão orientados sobre dieta e atividade física de maneira individual e, na segunda fase do tratamento, receberão medicamentos para diabetes e moderadores de apetite com o objetivo da perda de peso e melhora do controle do açúcar no sangue.
  • Cirurgia bypass gástrico – Serão submetidos à cirurgia, de acordo com critérios utilizados há anos para pacientes com obesidade. É feito o grampeamento de parte do estômago e um desvio do intestino inicial, o que promove o aumento de hormônios que dão saciedade, diminuem a fome e melhoram o diabetes.
  • Cirurgia transposição ileal (Nova técnica cirúrgica) – Serão submetidos a uma cirurgia de gastrectomia vertical com transposição ileal no duodeno. A nova técnica foi desenvolvida para tratar diabetes e envolve a recolocação do íleo (fim do intestino delgado) entre o duodeno e o jejuno. Ao entrar em contato com o alimento, o íleo começa a produzir um hormônio que estimula a produção de insulina. Esta técnica ainda é usada apenas em situações de pesquisa no Brasil.

Os três procedimentos já apresentaram resultados positivos contra o diabetes, mas, com a finalização dessa pesquisa, será possível comparar cientificamente os efeitos de cada um.

O estudo pretende ainda analisar os benefícios da operação para pacientes diabéticos não muito obesos.

Critérios para participar

As pessoas procuradas para esse estudo precisam ter as seguintes características:

  • Ter diabetes tipo 2 há mais de dois anos.
  • Índice de Massa Corporal (IMC) entre 30 e 35 kg/m2. Calcule aqui.
  • Ter entre 20 e 65 anos.
  • Residir na Grande São Paulo.
  • Ser usuária do Sistema Único de Saúde (SUS).

Além de receber o tratamento gratuito pelo tempo em que durar o estudo, que deve se estender por dois anos, os voluntários contribuirão ativamente para as pesquisas contra o diabetes e para um melhor controle da doença.

Durante a pesquisa, os voluntários receberão todos os cuidados médicos necessários por uma equipe multidisciplinar ligada ao Sírio-Libanês.

Mais informações
Telefones: +55 ​(11) 3394-1231
E-mail: ​pesquisaclinica@hsl.org.br