Reumatologia

​​​​Osteoporose

Osteoporose é uma doença que enfraquece os ossos e pode provocar fratura. Acontece quando a formação do osso não é adequada, quando o desgaste é excessivo ou quando ocorrem as duas coisas ao mesmo tempo. Também pode afetar mulheres jovens e homens. Chamada de "o ladrão silencioso", a doença pode progredir durante anos sem sintomas, diminuindo a força dos ossos até que ocorra a fratura.

As fraturas decorrentes da osteoporose acontecem com mais frequência na coluna, na bacia, nos punhos e nas costelas. Fraturas na coluna vertebral causam diminuição da estatura e dor crônica nas costas. As fraturas nos ossos da bacia trazem consequências mais sérias, podendo limitar a capacidade de realizar as tarefas do dia a dia e, nos casos mais graves, colocar a vida da pessoa em risco.

O melhor exame para se fazer o diagnóstico de osteoporose é a densitometria óssea. Trata-se de um exame simples, indolor e seu resultado informa quanto há de osso nos locais do esqueleto onde as fraturas por osteoporose são mais comuns (coluna e fêmur). Em geral, exames radiológicos não podem diagnosticar a osteoporose até que 30% de osso já tenham sido perdidos.

Mesmo com a doença, há uma grande possibilidade de se viver confortavelmente exercendo atividades normais. Alguns ajustes no estilo de vida são recomendados e podem ser benéficos para a saúde dos ossos. Fazer exercícios regularmente, como caminhadas durante a manhã; tomar sol por pelo menos 15 minutos por dia, de preferência também pela manhã; parar de fumar e diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas são alguns deles.

Evitar quedas também é muito importante. Observe se na sua residência existem tapetes que o coloquem em risco de escorregar, veja se os corredores estão bem iluminados e se existem muitos móveis no caminho que possam fazê-lo tropeçar e cair. Torne sua casa mais segura.

Vitamina D e uma alimentação rica em cálcio são muito importantes para a manutenção de ossos sadios. Leite, iogurte e queijo ingeridos diariamente podem fornecer a quantidade de cálcio necessária para a proteção adequada do esqueleto. Quando essas recomendações não são suficientes, alguns medicamentos podem ser utilizados.

Muitos fatores podem aumentar as chances de desenvolver osteoporose. São eles:

  • Estar na menopausa.
  • Ser alta e magra ou ter a estrutura do corpo delicada.
  • Ser da raça branca ou asiática.
  • Ter tido menopausa antes dos 45 anos mesmo sendo natural ou após remoção cirúrgica dos ovários.
  • Idade avançada.
  • Dieta pobre em cálcio.
  • Não praticar exercícios físicos regularmente.
  • Fumar, ingerir bebida alcoólica excessivamente ou usar por tempo prolongado alguns remédios como cortisona e seus derivados ou alguns medicamentos para tratar convulsões, câncer e hormônios da tiroide em excesso.

Dr. Cristiano A. F. Zerbini – CRM (SP): 19.944.

 


Você está visualizando:

Reumatologia

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: