Reabilitação

O Centro de Reabilitação, parte do Serviço de Reabilitação do Sírio-Libanês, tem por missão fazer com que seus pacientes atinjam seus objetivos funcionais, dentro de seu potencial físico, funcional e psicossocial, para que consigam retomar da melhor forma possível suas rotinas familiar e de trabalho.

A equipe multidisciplinar no Centro é composta por fisiatras, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, profissionais de educação física, psicólogos (incluindo neuropsicologia) e terapeutas ocupacionais. A equipe conta também com o suporte de nutricionistas e profissionais de enfermagem. A definição dos especialistas que atuarão junto a cada paciente é feita de acordo com as necessidades e a complexidade do caso.

Selo CARF

O Centro de Reabilitação do Hospital Sírio-Libanês conquistou, mais uma vez, a acreditação pela CARF (Commission on Accreditation of Rehabilitation Facilities) após auditoria em dezembro de 2017.

Esse selo de qualidade é valido por mais três anos até 31 de dezembro de 2020 e indica que o programa ambulatorial de reabilitação oferecido pelo hospital segue os melhores padrões internacionais​.

Como ser atendido

O atendimento no Centro de Reabilitação deve ser feito por meio de agendamento de consulta.

Todo paciente que procura o Centro, espontaneamente ou encaminhado por um profissional de saúde, passa por avaliação médica especializada inicial. A partir daí, um médico fisiatra coordena as ações interdisciplinares e realiza o acompanhamento clínico do paciente.

Informações

Telefones: +55 (11) 3394-4742 e +55 (11) 3394-4628​

E-mail: centro.reabilitacao@hsl.org.br

Horário: Das 7h às 19h, seg. a sex.

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês conta com uma equipe de múltiplas especialidades que age de forma integrada. Os especialistas atuam em sinergia e tratam o paciente de maneira global, considerando as dimensões física, emocional e social (modelo biopsicossocial). A equipe inclui fisiatras, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, profissionais da educação física e terapeutas ocupacionais. Conta, ainda, com suporte de nutricionistas e profissionais da enfermagem.

Após a identificação de suas necessidades específicas, os profissionais traçam objetivos, planejam e desenvolvem as atividades de cuidado. Os trabalhos, muitas vezes, envolvem também orientações de educação e suporte para familiares e cuidadores.

Coordenação Médica

Coordenação Equipe Multiprofissional

  • Maria Rita de Souza Lima

O Cent​ro de Reabilitação do Sírio-Libanês dispõe de vários programas de reabilitação capazes de atender pacientes de todas as idades, desde recém-nascidos. Além disso, conta com estratégias específicas para atletas, para quem deseja iniciar ou aprimorar a prática de atividade física e para pessoas com distúrbios de peso.

Quando procura o Centro de Reabilitação, o paciente passa por uma avaliação médica que identifica suas necessidades e analisa se ele tem condições de participar dos programas oferecidos. Para isso, o paciente não pode ser dependente de ventilação mecânica e deve estar em condições clínicas e cognitivas que permitam a realização das sessões de terapia, com duração de 50 minutos cada.

Na avaliação, o médico fisiatra faz um levantamento do histórico do paciente e realiza exames clínicos gerais e específicos. Esse profissional também é o responsável pela introdução e pelo ajuste de medicação apropriada e pela realização de eventuais procedimentos ambulatoriais minimamente invasivos para controle de situações de dor ou espasticidade (hipertonia), quando necessário.

A partir disso são definidos os objetivos do tratamento, em conjunto com o paciente e sua família, e têm início as terapias de reabilitação.

Serviços e programas de reabilitação oferecidos:

Programa de Reabilitação Pós-COVID-19

Avaliação e Treino Isocinético

A avaliação isocinética é realizada por um dinamômetro isocinético computadorizado. Esse equipamento analisa as variáveis de força, potência e resistência dos músculos e revela quantitativamente os déficits e desequilíbrios existentes. A avaliação pode ser feita em todos os segmentos do corpo.

O procedimento também é usado no Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês como opção de treinamento, com o objetivo de tratar e prevenir desequilíbrios musculares.

Condicionamento Físico Preventivo e Orientação para Atividade Física

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês está apto a elaborar programas de exercícios físicos específicos para pessoas de todas as idades. Além de garantir um bom condicionamento físico — sempre sob a supervisão de um profissional —, a prática regular de atividades é uma importante aliada na prevenção de uma série de doenças.

​As orientações atendem tanto pessoas que desejam se iniciar quanto aquelas que querem apenas melhorar seu desempenho com segurança.

O Sírio-Libanês conta com amplas instalações​ para a realização da prática de exercícios físicos, incluindo ginásio terapêutico, área externa com pista demarcada, barras paralelas e pista terapêutica com diferentes superfícies, entre outros equipamentos.

​​​​​​​​​Doenças Oncológicas

No caso do paciente oncológico, o objetivo do programa de reabilitação é possibilitar que o indivíduo readquira o máximo de seu potencial funcional, psicossocial e vocacional, permitindo que retome, da melhor forma possível, sua rotina familiar e profissional. Isso é feito por meio de programas voltados à prevenção e ao tratamento de complicações, bem como à otimização da capacidade funcional e da qualidade de vida dos pacientes.

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês dispõe de inúmeros programas de reabilitação, que podem ser direcionados a afecções oncológicas e condições associadas, tais como o comprometimento muscular e neurológico relacionado ao uso de alguns medicamentos e quimioterápicos, além de quadros dolorosos, linfedema e limitação de movimentos resultantes de intervenções cirúrgicas e radioterapia.

​​​​​​​​​Doenças Osteomioarticulares

Para pacientes com afecções osteomioarticulares, como osteoporose e síndromes miofasciais, o programa de reabilitação do Sírio-Libanês também oferece uma abordagem integrada. São promovidas intervenções farmacológicas e não farmacológicas que visam à analgesia, como exercícios terapêuticos, suporte psicoafetivo e educacional.

O objetivo é possibilitar que o indivíduo readquira o máximo de seu potencial funcional e psicossocial e aprenda a fazer uso de medidas para auxiliar no controle de seu quadro. A abordagem inclui ainda medidas visando ao ganho de funcionalidade e indepen​dência, com segurança, e orientações para prevenção de quedas.

A equipe conta com psicólogos especializados para suporte psicoafetivo e terapia cognitiva. Possui também nutricionistas, que desenvolvem uma dieta com objetivos funcionais e para preservação da massa óssea e controle do peso, particularmente importante para indivíduos com afecções articulares de coluna lombar, quadril, joelhos, tornozelos e pés.

Dor Crônica

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês realiza uma abordagem integrada para o atendimento de pacientes com dores crônicas. Isso inclui o uso de intervenções farmacológicas e não farmacológicas, como exercícios terapêuticos, suporte psicoafetivo e educacional.

A intenção é fazer com que o indivíduo readquira o máximo de seu potencial funcional e psicossocial e aprenda a fazer uso de medidas para auxiliar no controle da dor.

Também são oferecidos procedimentos ambulatoriais para tratamento auxiliar da dor, como bloqueios e acupuntura; e equipamentos de analgesia, como geradores de correntes analgésicas, calor profundo e crioterapia. Associados a exercícios terapêuticos e orientações ergonômicas e de exercícios domiciliares, eles constituem valiosos alicerces contra a dor.

A equipe conta também com psicólogos especializados para suporte e terapia.

Programa para Prevenção de Quedas

As quedas são um importante fator de risco para nossa saúde. O maior número de quedas ocorre dentro de casa. Por isso, tornar o ambiente seguro é imprescindível para preveni-las. Com esse objetivo, o Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês conta com terapeuta ocupacional que realiza a avaliação e propõe intervenções no ambiente domiciliar, promovendo acessibilidade, segurança, conforto e funcionalidade — sempre respeitando a singularidade de cada lar.

Essa ação é feita em conjunto com orientações pontuais, como o emprego de recursos de tecnologia assistiva e treino das atividades de vida diária, instrumentais e de lazer.

Após avaliação, o fisioterapeuta realiza treinamentos específicos de equilíbrio e propriocepção, além dos exercícios de força e flexibilidade.

Todos os pacientes do Centro de Reabilitação, independentemente do programa a ser realizado, passam por avaliação para risco de queda.

Reabilitação Cardiopulmonar e Metabólica

A reabilitação cardiopulmonar e metabólica é um programa voltado especificamente a indivíduos com afecções cardiovasculares, como o infarto agudo do miocárdio, ou pacientes em recuperação pós-cirurgia cardíaca. Tem por objetivo melhorar a capacidade funcional do coração de forma direta e indireta, com o controle de fatores de risco.

Ainda que o ponto central desse serviço seja o exercício supervisionado, com fins terapêuticos, ele envolve também educação e suporte, com o apoio de nutricionistas e psicólogos.

De acordo com as necessidades de cada paciente, o exercício é supervisionado por fisioterapeutas ou educadores físicos especializados. O Sírio-Libanês conta com parceria com a Fitcor — um grupo de educadores físicos especializados, sob a coordenação de José Alberto Aguilar Cortez, que tem mais de 35 anos de experiência na área.

Importância dos exercícios físicos

O exercício tem um papel muito importante para a promoção da saúde e ainda mais relevante como ferramenta terapêutica para indivíduos com doenças como afecções cardíacas, pulmonares (doença pulmonar obstrutiva crônica), metabólicas (diabetes, obesidade, dislipidemia, síndrome metabólica e no pós-operatório de cirurgia bariátrica) e oncológicas.

Estudos científicos demonstram que o programa de reabilitação cardiopulmonar e metabólica é tão ou mais eficiente que muitos dos medicamentos utilizados. O melhor resultado vem da combinação das medicações e do programa de reabilitação. Assim como os medicamentos, o exercício terapêutico demanda prescrição com “dose” (intensidade), frequência e duração.

A avaliação médica especializada deverá ser realizada para a adequada análise de risco (determinada por histórico, exame clínico e exames complementares), avaliação funcional, determinação do nível de supervisão, nível de esforço a ser respeitado e definição de objetivos a serem atingidos, ou seja, para a prescrição individualizada do programa de exercícios.

O programa de exercícios atua na melhora da capacidade cardíaca, pulmonar e musculoesquelética; no controle da pressão arterial; do perfil lipídico (colesterol e triglicérides); na tolerância à glicose (relacionada ao diabetes); no controle ponderal; na saúde mental; na imunidade; e no sono. Há também uma comprovada redução da morbimortalidade associada às doenças cardiovasculares, que constituem a principal causa de morte no Brasil.

Além disso, são baixíssimas as taxas de efeitos colaterais. Estudos comprovam que, seguidos os devidos cuidados, a prática é muito segura. As contraindicações são pontuais e bem estabelecidas, e os cuidados e níveis de supervisão necessários para as diferentes condições são claramente definidos.

Reabilitação das Incontinências Urinárias

No caso do paciente com incontinência urinária, o objetivo do programa de reabilitação é a abordagem integrada. O tratamento inclui intervenções farmacológicas e não farmacológicas que visam a introdução de hábitos higienodietéticos, maior controle voluntário, fortalecimento do assoalho pélvico, além de medidas para minimizar o despertar noturno e prevenir quedas. Também é oferecido suporte educacional e psicoafetivo.

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês dispõe de fisioterapeuta especializada e de inúmeros equipamentos e dispositivos que promovem a realização adequada de exercícios específicos para a musculatura do assoalho pélvico, que auxilia o controle da urina. O uso desses equipamentos facilita o controle da musculatura pelo paciente.

A equipe conta também com psicólogos especializados para acompanhamento e terapia.

Realidade Virtual

​​A tecnologia desenvolvida para jogos eletrônicos também é usada em favor da recuperação do paciente no Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês.

Para isso, são usados jogos especificamente selecionados do videogame Xbox. Esse equipamento possui sensor que capta a movimentação do usuário e insere essas informações no ambiente do jogo.

Assim, o paciente pode realizar atividades que auxiliam a recuperação motora, a coordenação, o equilíbrio, e que funcionam também como um feedback sobre seu desempenho.​

Sequelas de Lesão do Sistema Nervoso Periférico

A neuropatia periférica é um distúrbio funcional ou orgânico do sistema nervoso periférico, de causas múltiplas. Ela pode causar alterações motoras, sensitivas e autonômicas.

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês realiza um tratamento multidisciplinar para as sequelas de lesão do sistema nervoso periférico. Seu objetivo é proporcionar a máxima independência ao paciente e promover sua reintegração ao convívio social da melhor forma possível.

Sequelas de Lesões no Sistema Nervoso Central

O Centro de Reabilitação do Sírio-Libanês está apto a atender pacientes que se recuperam das seguintes sequelas:

  • Sequelas de acidente vascular encefálico.
  • Sequelas de traumatismo cranioencefálico (TCE).
  • Sequelas de lesão medular.
  • Nesses casos, são utilizados procedimentos médicos ambulatoriais para tratamento adjuvante da espasticidade e da dor, como bloqueios e acupuntura, fisioterapia analgésica, motora e respiratória com objetivos funcionais.

A fonoterapia é usada para distúrbios de deglutição, linguagem e voz que podem estar presentes em pacientes com sequela de TCE. Já a terapia ocupacional foca na funcionalidade das atividades do cotidiano, como terapias para membros superiores, emprego de adaptações e órteses.

A neuropsicoterapia cuida do suporte psicoafetivo ao paciente e à família, bem como da avaliação e da terapia cognitiva (memória, atenção, raciocínio, comportamento etc.).

Além disso, a avaliação e o suporte nutricional garantem uma orientação dietética adequada à recuperação do paciente.

Outros Serviços:

  • Avaliação de acessibilidade/visita domiciliar.
  • Avaliação e prescrição de cadeira de rodas, adequação postural e meios auxiliares de marcha.
  • Avaliação e reabilitação neuropsicológica.
  • Avaliação, diagnóstico e reabilitação dos distúrbios de fala, voz, linguagem, motricidade orofacial e deglutição.
  • Avaliação, prescrição/confecção, treinamento e seguimento de recursos de tecnologia assistiva.
  • Confecção de órteses sob medida para membros superiores
  • Terapias de reabilitação e bloqueio neuromuscular para espasticidade com toxina botulínica e fenol.