Mastologia

​​​​​​​​Prevenção do Câncer de Mama

Para a detecção precoce do câncer de mama na população geral, as recomendações aprovadas pelas sociedades médicas, são:

  • Autoexame mensal das mamas, a partir dos 25 anos.
  • Exame físico anual, por médicos ou enfermeiros, a partir dos 25 anos.
  • Mamografia anual, a partir dos 40 anos. Em mamas radiologicamente densas preconiza-se a associação da ultrassonografia.

Existe uma tendência atual da inclusão da ultrassonografia anual depois dos 30 anos de idade e abaixar a idade de início da mamografia para 35 anos. Esta é a conduta adotada pelo Núcleo de Mastologia do Sírio-Libanês.

Tanto o autoexame, quanto o exame físico, detectam nódulos com pelo menos 1 cm de diâmetro. A mamografia permite reconhecimento a partir de 1 mm.

A mamografia identifica como sinais de suspeita de câncer principalmente nódulos e microcalcificações e a ultrassonografia, identifica por meio de nódulos.

O autoexame deve ser feito mensalmente, no período pós-menstrual nas mulheres que menstruam (a mama fica menos túrgida), e é executado em quatro tempos:

Se durante este procedimento for identificado lesão erosiva (tipo eczema alérgico) em um mamilo, abaulamentos ou retrações nas mamas, ou nódulos (caroços), a mulher precisa procurar esclarecimento médico. Mesmo que na maioria das vezes estes achados não sejam um câncer, é preciso orientação rápida. Se for, existe alta chance de cura, em tumores pequenos.

Nas mulheres com risco especial para câncer de mama, os exames começam mais precocemente: mamografia e ultrassonografia anual desde os 30 anos. Deve-se adicionar ainda a ressonância magnética mamária neste grupo de pacientes.

 


Você está visualizando:

Mastologia

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: