Doenças Pulmonares e Torácicas

​​​​​​Câncer de Pulmão

O câncer de pulmão abrange um grande grupo de tumores malignos, sendo a maioria associada ao tabagismo. A doença é traiçoeira e seus sintomas podem ser muito pouco evidentes, por isso os programas de prevenção são tão importantes.

Diagnóstico

O câncer de pulmão pode crescer por muito tempo sem nenhum sintoma específico. No entanto tosse, rouquidão, presença de sangue no catarro, falta de ar e dor torácica podem ser sinais da doença e devem ser avaliados pelo médico.

A identificação de lesões suspeitas é feita por meios de exames de imagem, Radiografia ou Tomografia, sendo esta muito mais precisa para determinar as características, tamanho e a localização do tumor. A biópsia pode ser necessária para confirmar o diagnóstico e definir a melhor forma de tratamento. Isto pode ser feito através da broncoscopia, da radiologia intervencionista ou de procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos.

Estágios da Doença

Um dado importante na avaliação do paciente com câncer de pulmão é o estágio da doença, pois a estratégia do tratamento depende de determinar sua extensão. No Núcleo de Doenças Pulmonares e Torácicas do Sírio-Libanês as decisões são tomadas após um levantamento completo e detalhado da doença, apoiado na expertise da equipe multidisciplinar envolvida no caso.

Tratamento

No Núcleo de Doenças Pulmonares e Torácicas do Sírio-Libanês, uma junta de especialistas reconhecidos nacional e internacionalmente, está dedicada ao tratamento do câncer de pulmão. Cirurgiões, oncologistas clínicos, radioterapeutas, radiologistas, patologistas, pneumologistas, entre outros, reúnem-se constantemente para discutir e decidir a melhor estratégia individualizada para cada caso. Como norma, o Núcleo adotou as recomendações do National Comprehensive Cancer Network (NCCN), que orienta os melhores centros oncológicos dos Estados Unidos, como o Memorial Sloan-Ketterin, de Nova York, e o MD Anderson, do Texas. Dependendo do estágio da doença, serão indicados tratamentos específicos ou associados, usando cirurgia, radioterapia e quimioterapia. Para pacientes com tumores inicial, as chances de cura com cirurgia podem ultrapassar os 80%, por isso a detecção precoce é tão importante.

Cirurgiões treinados em cirurgia minimamente invasiva e técnicas modernas de procedimentos robóticos fazem parte da equipe multidisciplinar do Núcleo. Oncologistas clínicos e radioterapeutas oferecem a mais avançada estratégia de tratamento, baseada na individualização pacientes.

Prevenção e detecção precoce

Estudos confirmam que a prevenção e a detecção precoce são as ações mais importantes para melhorar os resultados do tratamento do câncer de pulmão. No Núcleo de Doenças Pulmonares e Torácicas do Sírio-Libanês, grupos especializados e multiprofissionais trabalham na luta contra o tabagismo, auxiliando os fumantes a abandonar o cigarro. Os resultados obtidos até agora foram muito encorajadores! Ao mesmo tempo, clínicos e radiologistas estabeleceram rotinas para aumentar as chances de detectar tumores de pulmão em fase precoce.

Pesquisas

O Núcleo de Doenças Pulmonares e Torácicas do Sírio-Libanês, apoiado pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa, conduz vários estudos clínicos, nacionais e internacionais, para a pesquisa de novos tratamentos (quimioterapia e imunoterapia) no sentido de melhorar ainda mais os resultados obtidos hoje.

 


Você está visualizando:

Doenças Pulmonares e Torácicas

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: