Urologia

​​​​​​​​​​Distúrbios da Micção em Mulheres

Mulheres de todas as idades podem apresentar diferentes formas de distúrbios da micção. O problema mais comum é a incontinência urinária (perda involuntária de urina), que pode ter diversas causas. Outras queixas frequentes são diminuição do jato urinário, aumento do número de vezes que a pessoa necessita ir ao banheiro para urinar (frequência), vontade repentina e urgente de urinar (também denominada urgência miccional) ou sensação de não esvaziar completamente a bexiga após ter urinado.

Os distúrbios da micção podem ser causados ou agravados por um grande número de fatores e podem ter caráter transitório ou permanente. É importante, entretanto, ficar claro que os problemas da micção não são normais em nenhuma paciente e que em quase todos os casos é possível curar ou melhorar significativamente o problema.

Mulheres idosas são as que mais frequentemente apresentam problemas de controle da micção. Isto se explica pelo fato de que, assim como outros órgãos, o trato urinário e os músculos responsáveis por segurar a urina também podem sofrer os efeitos do envelhecimento e apresentar uma piora de função com a idade. Além disso, mulheres idosas têm maior chance de possuírem doenças neurológicas (derrame cerebral, esclerose múltipla, Parkinson, demência etc.), diabetes e outras doenças que podem afetar diretamente o controle da micção ou requerer tratamentos que interfiram sobre a mesma.

 


Você está visualizando:

Urologia

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: