Dor e Distúrbios do Movimento

​​​​​Doença de Parkinson – Tratamento

A doença de Parkinson é tratável e seus sinais e sintomas respondem de forma satisfatória e sustentada por muitos anos aos medicamentos existentes. Esses medicamentos, entretanto, são sintomáticos. Ou seja, eles repõem parcialmente a dopamina que está faltando e assim melhoram os sintomas da doença, porém não evitam que a doença progrida.

Os medicamentos devem ser usados por toda a vida do indivíduo, ou até que surjam tratamentos mais eficazes. E também os medicamentos devem ser ajustados periodicamente para compensar as perdas progressivas de dopamina.

Ainda não existem disponíveis comercialmente drogas que possam evitar, de forma inequívoca, a progressão da degeneração de células nervosa que causa a doença ou curá-la. Também existem técnicas cirúrgicas para atenuar alguns dos sintomas da doença de Parkinson, que devem ser indicadas caso a caso, quando os medicamentos falharem em controlar tais sintomas.

Tratamentos adjuvantes com fisioterapia e fonoaudiologia são muito recomendados.

O objetivo do tratamento, incluindo medicamentos, fisioterapia, fonoaudiologia, suporte psicológico e nutricional, é reduzir que o prejuízo funcional decorrente da doença, permitindo que o indivíduo tenha uma vida independente, com qualidade, por muitos anos.

 


Você está visualizando:

Dor e Distúrbios do Movimento

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: