Dor e Distúrbios do Movimento

​​​​​​​​​Apraxia de Marcha

A apraxia é uma desordem neurológica que se caracteriza por perda da habilidade para executar movimentos e gestos precisos, apesar de o paciente ter a vontade e a habilidade física para executá-los.

Ela resulta de disfunções nos hemisférios cerebrais, sobretudo do lobo parietal. A apraxia leva à diminuição das condições para executar alguns tipos de movimentos – apesar de o indivíduo manter intactas a capacidade motora, a função sensorial e a compreensão da tarefa requerida.

Essa doença leva a problemas com o uso de objetos (por exemplo, escovar o cabelo) e na execução de atos motores conhecidos (por exemplo, acenar em adeus).

A apraxia de marcha, como o nome indica, corresponde à impossibilidade de realizar os movimentos necessários para andar. Esses doentes são capazes de cruzar as pernas quando estão sentados, de bater com os pés no chão alternadamente, de fazer movimentos de bicicleta quando estão deitados, mas não conseguem realizar os movimentos necessários para executar a marcha.

Tratamento

O tratamento da apraxia inclui fisioterapia, fonoaudiologia e terapia ocupacional. Se a apraxia é um sintoma de outra doença, esta deve receber o tratamento adequado. O prognóstico depende do sucesso da terapia da doença de base.

 


Você está visualizando:

Dor e Distúrbios do Movimento

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: