Cirurgia da Mão e Microcirurgia Reconstrutiva

​​​Fraturas da Mão e Punho

As mãos são sujeitas a muitos traumas. As fraturas do metacarpo e da falange correspondem a 80% das fraturas nessa região.

O tratamento pode ser feito por meio de imobilizações com talas e órteses para fraturas estáveis e com pouco desvio. Fraturas instáveis ou com desvio devem ser tratadas cirurgicamente para a preservação da função da mão.

A fratura mais comum do punho é a fratura da extremidade distal do rádio. Geralmente ocorre em quedas com impacto no punho nas mulheres em fase de pós-menopausa com algum grau de osteoporose, ou acidentes com dissipação de alta energia no punho em pacientes jovens.

Boa parte das fraturas do rádio é articular, instável e com desvio. Elas devem ser reduzidas sob anestesia e fixadas cirurgicamente.

 


Você está visualizando:

Cirurgia da Mão e Microcirurgia Reconstrutiva

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: