Osteoporose e Saúde Óssea

​​

Núcleo de Osteoporose e Saúde Óssea

Nas últimas décadas, a expectativa média de vida da população aumentou significativamente. Com as pessoas vivendo mais, a incidência de doenças relacionadas ao envelhecimento também aumentou. Dentre os males mais comuns está a osteoporose.

Com o objetivo de diagnosticar precocemente e tratar a osteoporose e outras doenças ósseas, o Sírio-Libanês criou, em agosto de 2014, o Núcleo de Osteoporose e Saúde Óssea.

Atualmente, 200 milhões de pessoas no mundo são afetados pela doença, sendo aproximadamente 10 milhões no Brasil, transformando a osteoporose em um problema de saúde pública que necessita de atenção especial.

A osteoporose é uma doença silenciosa caracterizada pela fraqueza dos ossos e que, na maior parte das vezes, só é diagnosticada após a ocorrência de sintomas como fraturas. Ela ainda não tem cura, mas seu tratamento pode melhorar a qualidade de vida do indivíduo, diminuindo o risco de fraturas e de problemas associados.​

​​

Equipe

O Núcleo de Osteoporose e Saúde Óssea do Sírio-Libanês conta com um grupo multidisciplinar que reúne especialistas em diversas doenças relacionadas ao metabolismo ósseo e mineral, incluindo osteoporose, osteopenia, hiperparatireoidismo, hipoparatireoidismo, doença óssea associada à disfunção renal crônica, osteogênese imperfeita, doença de Paget óssea, e distúrbios do cálcio, do fósforo e da vitamina D.

Coordenação 

Médicos

Serviços

​​​O Núcleo de Saúde Óssea do Sírio-Libanês oferece a pacientes adultos de ambos os sexos procedimentos diagnósticos – densitometria óssea, radiologia e exames laboratoriais – e terapêuticos. A densitometria óssea é a principal ferramenta para o diagnóstico de osteoporose. 

No Núcleo de Saúde Óssea, é possível realizar uma avaliação médica personalizada para definir o diagnóstico, avaliar o risco de fraturas, fornecer recomendações quanto à prevenção ou tratamento da perda óssea.

Em casos de osteoporose, há a possibilidade, quando indicado, de administração de medicamentos por via endovenosa ou subcut​ânea. Além disso, a equipe está preparada para avaliar caso​​s complexos de osteoporose trabalhando em conjunto com o médico primário para fornecer a melhor conduta terapêutica ao paciente.

Tratamento da osteoporose

A osteoporose ainda não possui uma cura definitiva, sendo um mal que necessita de cuidado constante. Porém, o avanço no seu tratamento tem resultado em métodos que melhoram a qualidade e a quantidade de massa óssea, reduzindo significativamente os riscos de fratura.

No Sírio-Libanês, além de tratamentos médicos específicos para a osteoporose, os pacientes recebem orientações importantes que auxiliam no enfrentamento da doença. São elas:

  • Ingestão adequada de cálcio e vitamina D.
  • Prática de exercícios físicos.
  • Não fumar e limitar o consumo do álcool.



Você está visualizando:

Página inicial desta especialidade

Osteoporose e Saúde Óssea

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: