Cardiologia

​​​​​Serviço de Hipertensão Arterial

A hipertensão arterial, ou pressão alta, é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, com a possibilidade de ser controlado ou modificado. Segundo dados do Ministério da Saúde, a hipertensão é responsável por aproximadamente 50% dos casos de infarto agudo do miocárdio no Brasil e 80% dos casos de acidentes vasculares cerebrais (AVCs).

As pessoas hipertensas podem ainda desenvolver outros problemas de saúde, como a insuficiência renal. Acredita-se que 25% dos casos de insuficiência renal no Brasil sejam em decorrência da hipertensão.

Quando a pressão arterial ultrapassa os limites considerados normais, as paredes das artérias são submetidas a um estresse. Com o passar dos anos, isso pode aumentar a espessura das artérias do coração, levando ao infarto; as artérias do cérebro, provocando o AVC; e as artérias dos rins, causando insuficiência renal.

Nos últimos anos, tem sido observado um crescimento da hipertensão arterial também nas pessoas mais jovens. Entre os fatores possivelmente associados a esse cenário estão a hereditariedade, hábitos alimentares inadequados, sedentarismo, consumo de álcool em excesso e obesidade.

Além disso, entre 12% e 15% do total dos pacientes hipertensos brasileiros poderão apresentar quadros mais graves dessa doença, denominados hipertensão arterial resistente (HAR), quando não há resposta ao tratamento, mesmo após o uso de três medicamentos diferentes.

Ciente disso, o Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês criou o Serviço de Hipertensão Arterial, formado por médicos cardiologistas e nefrologistas, especializados em hipertensão.

Com uma equipe multidisciplinar, esse Serviço oferece um programa que visa promover estilos de vida mais saudáveis aos funcionários e colaboradores do Hospital (Programa Cuidando de Quem Cuida); e aos pacientes com risco acrescido de desenvolver hipertensão. Ou seja, filhos de pais hipertensos, jovens obesos ou sedentários.

Outro foco do Serviço de Hipertensão Arterial do Centro de Cardiologia são as pessoas com hipertensão arterial de difícil controle (hipertensão arterial resistente). Para esses pacientes, os médicos cardiologistas e nefrologistas procuram novos ajustes nas medicações; investigam as potenciais causas dos quadros mais graves; e realizam cuidados específicos para proteger os diferentes órgãos que possam ser afetados pela hipertensão.

O Serviço de Hipertensão Arterial do Centro de Cardiologia do Hospital Sírio-Libanês tem por objetivo ainda desenvolver linhas de pesquisa que proporcionem avanço nas opções de terapia hoje existentes.


No Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial, celebrado no dia 26 de abril, promovemos um Talk Show aberto ao público, com o objetivo de alertar a população sobre essa doença que muitas vezes age de forma silenciosa. Se você não conseguiu acompanhar a transmissão ao vivo, clique no play abaixo  e assista ao vídeo na íntegra.

 

Equipe do Serviço de Hipertensão Arterial do Centro de Cardiologia

Cardiologistas:
Dra. Fernanda Consolim-Colombo
Dr. Heno Ferreira Lopes
Dr. João Vicente da Silveira
Dra. Juliana Gil de Moraes

Nefrologista:
Dra. Rosa Maria Affonso Moyses

Informações
Telefone: +55 (11) 3394-5001
E-mail: centrodecardiologia@hsl.org.br
De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 


Você está visualizando:

Cardiologia

Outros conteúdos disponíveis para esta especialidade: