Unidade Crítica Geral

​Implantada em 2005, dentro do conceito de cuidados progressivos, a Unidade Crítica Geral do Sírio-Libanês atende pacientes considerados de risco em função de outras doenças associadas.

Geralmente, são pacientes que necessitam de vigilância médica e de enfermagem permanente, além de monitoramento contínuo dos sinais vitais, mas que apresentam um quadro clínico que não justifica a internação em UTI.

Atualmente, a unidade dispõe de 31 leitos. Até o fim do projeto de expansão, serão 40. Conta também com uma equipe exclusiva de médicos intensivistas,​ enfermeiros e fisioterapeutas especializados no atendimento de pacientes graves.

A central de monitorização instalada no posto de enfermagem permite a observação permanente e em tempo real dos sinais vitais de todos os pacientes.

Localização: 8º andar, Bloco D.