Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
Logon

Medicina Avançada - EspecialidadesUrologiaCâncer de Pênis

 

Urologia

​​​​Câncer de Pênis

O câncer de pênis é uma doença rara no mundo, porém no Brasil tem incidência relativamente elevada, representando aproximadamente 2% dos tumores malignos dos homens. Este tumor ocorre mais frequentemente em regiões de baixo nível sócio-econômico, estando relacionada a más condições de higiene e/ou infecção pelo HPV.

Nos Estados Unidos, o câncer de pênis representa apenas 0,4% dos tumores malignos do sexo masculino. Nos países escandinavos, a incidência do tumor de pênis varia de 1 a 1,3 por 100.000 habitantes, enquanto que na cidade de Recife, por exemplo, este índice chega a 50. Nos estados do Acre e Maranhão, este tipo de tumor é o 2º mais frequente, atrás apenas do câncer de pele.

As principais condições que favorecem o aparecimento do câncer de pênis são:

  • Falta de higiene e nutrição.
  • Ter mais de 60 anos.
  • Fimose.
  • Acúmulo de Esmegma (secreção produzida normalmente).
  • Doenças sexualmente transmissíveis (Infecção por HPV).
  • Fumantes.

Uma constatação a favor do papel da fimose como predisponente é o fato de que pessoas circuncidadas ao nascer ou na infância não desenvolvem a doença com a mesma frequência que os não-operados. No entanto, a cirurgia da fimose na vida adulta não previne o câncer de pênis.

Mulheres com parceiros portadores de câncer de pênis têm incidência maior de câncer de colo de útero que a população feminina em geral.

Diagnóstico e tratamento

O paciente normalmente repara uma ferida no pênis, com aspecto irregular e odor fétido. Surge na glande do pênis, podendo ser ulcerada, dura e vegetante (elevada). Frequentemente causa dificuldade de convívio social e interfere significativamente na qualidade de vida do paciente.

A Sociedade Brasileira de Urologia promove campanhas de conscientização para prevenção e detecção precoce da doença, salientando fortemente o aspecto da higiene como um fator primordial.

Quando a doença é detectada no início, tem grande chance de cura. No entanto, quando o diagnóstico é tardio, o câncer de pênis pode ser de difícil controle.